TCE/SC entrega prêmios aos vencedores do III Concurso de Redação do “TCE na Escola” | Tribunal de Contas SC
  • Enviar por e-mail

O Tribunal de Contas de Santa Catarina realiza, nesta quarta-feira (24/9), às 16 horas, logo após a sessão do Pleno, a solenidade de entrega dos prêmios do III Concurso de Redação do Projeto TCE na Escola — “Corrupção – e eu com isso?”. A iniciativa contou com a parceria da Secretaria de Estado da Educação (SED). Alana Raissa dos Santos, aluna da Escola de Educação Básica Isidoro Silva, de Anita Garibaldi; Mateus Ezequiel da Silva, da Escola de Educação Básica Dois Irmãos, de Presidente Castelo Branco; e Tamires Fernandes, estudante da Escola de Educação Básica Dr. Frederico Rolla, do município de Atalanta, são os autores das redações classificadas em 1 º, 2º e 3º lugares, respectivamente.

Os três alunos e seus professores orientadores receberão tablets, e, suas escolas receberão kits de livros de literatura, um projetor multimídia e um computador. A escolha das três redações vencedoras foi realizada por comissão julgadora integrada por representantes do TCE/SC. Os vencedores também serão contemplados com uma viagem à Florianópolis junto com os professores orientadores, de 23 a 25 de setembro. Entre as atividades da programação cultural, estão previstas visitas ao Projeto Tamar — dedicado à preservação de espécies de tartarugas marinhas ameaçadas de extinção —, na Barra da Lagoa, e ao Museu Histórico de Santa Catarina, que funciona no Palácio Cruz e Sousa, na Praça XV de Novembro, no Centro. A aluna classificada em primeiro lugar virá à Florianópolis acompanhada, também, dos colegas de classe.

Os primeiros colocados na etapa regional e seus professores orientadores serão agraciados com menção honrosa. No espaço do “TCE na Escola”, no Portal da Instituição (www.tce.sc.gov.br) estão disponíveis os alunos que tiveram suas redações escolhidas para representar as Gereds na etapa regional e os classificados na etapa estadual. A terceira edição do Projeto TCE na Escola teve como objetivo propiciar aos cerca de 112 mil estudantes da rede estadual de ensino a oportunidade de refletir e discutir sobre os amplos aspectos que envolvem a corrupção e os males advindos desta prática e contribuir para a consolidação de uma cultura de responsabilidade cidadã.

 

 

 

Enviar conteúdo por e-mailX

Separe os endereços por vírgula