(Ouça)

(TCE Informa)

(apresentador)

Compartilhar experiências de boas práticas das ouvidorias e corregedorias dos Tribunais de Contas do País é o principal objetivo do Encontro Nacional/Região Sul do Instituto Rui Barbosa (IRB), que será realizado nos dias 17 e 18 de agosto, no auditório do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC). O evento reunirá membros e servidores dos Tribunais de Contas, gestores públicos, professores e estudantes universitários. As inscrições são gratuitas e limitadas e podem ser feitas no site do TCE/SC, na área de eventos. Na programação do primeiro dia, estão previstas apresentações de experiências dos Tribunais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Mato Grosso e Roraima. A auditora fiscal de controle externo, Adriane Mara Lins Meyer, que atua na área de eventos do Gabinete da Presidência da Corte de Contas catarinense, destaca.

(auditora fiscal de controle externo)

A importância é a troca de experiência com todos os Tribunais de Contas. Cada um traz suas boas práticas, o seu conhecimento, a sua vivência. De forma a engrandecer, auxiliar e contribuir com os outros Tribunais de Contas que podem estar tanto mais aquém ou mais além. Mas de uma forma que todos partilhem suas experiências, buscando o aprimoramento do serviço público.

(apresentador)

O Instituto Rui Barbosa (IRB), que tem a finalidade de promover estudos sobre temas relacionados ao controle público e o aperfeiçoamento dos Tribunais de Contas, programou cinco Encontros Nacionais para 2017.  

(auditora fiscal de controle externo)

E aqui no Sul, então, foi escolhido o Tribunal de Contas de Santa Catarina, com o tema “Ouvidoria e Corregedoria”, que já é uma demanda solicitada para o IRB também. Foi tema de evento em 2016, mas dada a necessidade está sendo novamente abordada essa temática.

(apresentador)

O vice-presidente do IRB, Cezar Miola, conselheiro Ouvidor do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, lançará no segundo dia do evento a Cartilha sobre Ouvidorias. Para a auditora Adriane Linsmeyer, debater as boas práticas das ouvidorias é qualificar a relação dos Tribunais de Contas com o cidadão.

(auditora fiscal de controle externo)

A Ouvidoria é um meio de comunicação da sociedade com o Tribunal. E saber como utilizar esse meio de comunicação é de suma importância. E esse evento pode permitir isso. Um maior conhecimento de quais são esses instrumentos, de que modo isso se dá.  

(apresentador)

O evento será encerrado com a palestra do conselheiro Emérito do TCE/SC, Salomão Ribas Junior, sobre a participação do Cidadão no Controle Externo.

(TCE Informou)

Tempo: 2’42’’