Biblioteca - Conselheiro Nereu Corrêa

Contato:

Fone: |48| 3221-3791 - |48| 3221-3698 e-mail: biblioteca@tce.sc.gov.br Horário de Atendimento:
13h às 19h, de segunda a sexta-feira
Endereço:
Rua Bulcão Viana, nº 90, 1º andar
Centro, Florianópolis/SC

Produção Intelectual

Integram o acervo da Produção Intelectual, teses, dissertações, monografias, livros eletrônicos, capítulos de livros, artigos de periódicos e de eventos, relatos de boas práticas, palestras, manuais, relatórios de autoria de conselheiros, auditores-substitutos de conselheiros e servidores do TCE/SC.  O objetivo é disseminar e fomentar o acesso aos recursos digitais criados pela comunidade acadêmica do TCE/SC. A ideia é estimular o intercâmbio intelectual, a criatividade, a originalidade, o conhecimento, a inovação e  proporcionar maior visibilidade e impacto da produção científica da instituição.

  • O Bom Controle Público e as Cortes de Contas como Tribunais da Boa Governança
  • O Bom Controle Público e as Cortes de Contas como Tribunais da Boa GovernançaX

    Autor: 
    Adircélio de Moraes Ferreira Junior
    Data de Publicação: 
    quinta-feira, 26 Fevereiro, 2015
    Editora: 
    Editora da UFSC
    Referência Completa: 
    1. Direito. 2. Função de Controle. 3. Tribunais de Contas. 4. Boa administração e bom controle público. 5. Tribunais da Boa Governança. I. Olivo, Luis Carlos Cancellier de. II. Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Direito. III. Título.
    Resumo: 
    O funcionamento do Poder Público implica uma atividade financeira, de caráter instrumental, cuja finalidade é arrecadar recursos para devolvê-los à sociedade por meio da prestação de serviços públicos. Dentre os princípios e valores constitucionais consagrados pelo Estado brasileiro, encontram-se a justiça financeira e o direito fundamental à boa administração e governança pública, que devem nortear toda a atuação estatal, desde a elaboração até a execução orçamentária. Essa vinculação impõe a eficiência e eficácia do agir do Estado por meio de suas políticas públicas de tributação e de gasto. Os Tribunais de Contas, por sua vez, como órgãos titulares da função de controle da administração pública, colocam-se na posição de promotores ou garantidores do cumprimento desses compromissos constitucionais, devendo cobrar esse engajamento e a adoção de uma boa governança pública por parte de seus jurisdicionados. Essa postura demanda por parte daqueles órgãos um novo paradigma de controle, mais eficiente, eficaz, racional e abrangente, que se traduz na ideia de bom controle público, alçado também à condição de direito fundamental na sociedade contemporânea. A partir da construção dessa nova concepção de controle, e após traçar um diagnóstico do déficit de legitimidade de que padecem as Cortes de Contas brasileiras, o que se sugere no presente trabalho são alguns prognósticos no sentido do redimensionamento material e procedimental dessas instituições, visando combater as anomalias da atuação estatal causadoras de injustiças, notadamente a ineficiência, a ineficácia e a corrupção, de forma que as Cortes de Contas se convertam em verdadeiros Tribunais da Boa Governança Pública.

Últimas Aquisições

  • Direito Eleitoral e o novo Código de Processo Civil

    Direito Eleitoral e o novo Código de Processo Civil

    Autor: André Ramos Tavares, Walber de Moura Agra e Luiz Fernando Pereira

    Editora: Fórum

    Edição:

    Ano de Publicação: 2016

  • O Ovo da Serpente

    O Ovo da Serpente

    Autor: Doris de Miranda Coutinho

    Editora: Fórum

    Edição:

    Ano de Publicação: 2016

  • Obras Públicas - Licitação, Contratação, Fiscalização e Utilização

    Obras Públicas - Licitação, Contratação, Fiscalização e Utilização

    Autor: Cláudio Sarian Altounian

    Editora: Fórum

    Edição:

    Ano de Publicação: 2016

  • Governança Pública - O Desafio do Brasil

    Governança Pública - O Desafio do Brasil

    Autor: Cláudio Sarian Altounian, João Augusto Ribeiro Nardes, Luis Afonso Gomes Vieira

    Editora: Fórum

    Edição:

    Ano de Publicação: 2015