• Enviar por e-mail

Transparência. Esta deve ser a prioridade das unidades responsáveis pela Comunicação Social dos Tribunais de Contas do Brasil, de acordo com o presidente da Atricon, conselheiro Fábio Nogueira, do TCE/PB. Em fala a servidores que integram a Rede de Comunicação das Cortes de Contas (FotosÁudio e Vídeo), reunidos na manhã desta quinta-feira (29/11), em programação paralela ao VI Encontro Nacional dos Tribunais de Contas (VI ENTC), Nogueira reconheceu a dificuldade de traduzir, em linguagem simples e cotidiana, termos técnicos utilizados pelas instituições, ao passo em que defendeu a atuação estratégica e ampla destas unidades  para os cidadãos.

“Os Tribunais de Contas só vão alcançar o reconhecimento da sociedade quando a Comunicação conseguir intermediar este diálogo”, pontuou.  Confirmando este posicionamento, o anfitrião do VI ENTC, presidente do TCE/SC, conselheiro Dado Cherem, reforçou a importância do fluxo de informações entre Secretarias e Assessorias com os principais veículos de Comunicação, com foco para o cidadão. “Precisamos nos fazer entender aos de fora. Vivemos uma revolução tecnológica e informacional. Portanto, é necessário que as instituições utilizem deste setor importante para chegar à população”, afirmou.

 

Cases

Na reunião da Rede de Comunicação, também foram apresentados quatro cases de sucesso de instituições do país. A Secretaria de Comunicação do TCE de Mato Grosso foi um deles. Demonstrado pelo secretário Américo Corrêa, a instituição evidenciou de que modo, com uma boa estrutura de equipe e equipamentos, pode-se impactar positivamente as Cortes de Contas com a divulgação das ações institucionais. O modelo de estruturação é considerado pioneiro e exemplar frente aos demais Tribunais de Contas. 

Outro case foi o do TCE de Santa Catarina, que vem se utilizando das redes sociais como WhatsAppTwitter e Youtube para difundir decisões de julgamentos com uma linguagem mais acessível. De acordo com o assessor do TCE/SC Rafael Martini, é importante que a Comunicação esteja presente “online” para gerenciar a imagem dos TCs. A Corte de Santa Catarina possui quatro aplicativos — TCE Sessões, DOTC-e, Sala Virtual e Ouvidoria — que, juntos, já contabilizam mais de 400 downloads.

O diretor de Comunicação do TCE/AM, Elvis Chaves, fez exposição sobre o uso do WhatsApp pelo setor para distribuir e difundir as informações aos veículos de imprensa. E o diretor de Comunicação Social do TCE/PR, Nilson Pohl, falou das transformações  ocorridas na Instituição, a partir da análise prévia de editais, da fiscalização em obras de licitação, das fiscalizações presenciais e do monitoramento remoto, ações que trazem resultados benéficos à população.

O VI ENTC, que tem como tema “O Futuro dos Tribunais de Contas, a inovação, integração, prevenção e eficiência”, ocorrerá até esta sexta-feira (30/11), no CentroSul, em Florianópolis (SC). A programação contempla conferências, painéis, palestras, mesa redonda, além de eventos paralelos organizados por áreas temáticas. Ao todo, cerca de 800 pessoas foram inscritas, entre servidores dos34 tribunais de contas do país e de outras instituições.

A realização é da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e do Tribunal de Contas de Santa Catarina, com o apoio do Instituto Rui Barbosa (IRB), da Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom) e da Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros Substitutos dos Tribunais de Contas (Audicon).

 

 

Texto: TCE/MT.

 

Produção multimídia:

- Confira a declaração do jornalista Rafael Martini, da Assessoria de Comunicação Social do TCE/SC (Áudio e Vídeo)

- Ver todas as fotos

 

Acompanhe o TCE/SC:

www.tce.sc.gov.brNotíciasRádio TCE/SC

Twitter: @TCE_SC

Youtube: Tribunal de Contas SC

WhatsApp: (48) 99113-2308

 

Enviar conteúdo por e-mailX

Separe os endereços por vírgula