• Enviar por e-mail

     O presidente do Tribunal de Contas de Santa Catarina, José Carlos Pacheco, na abertura da sessão extraordinária do Pleno desta segunda-feira (28/05) - convocada para análise da contas/2006 do Governo do Estado - prestou homenagem ao conselheiro aposentado do TCE, Horst Otto Domning, que faleceu em Florianópolis, na última sexta-feira (25/05), aos 76 anos de idade. O sepultamento ocorreu, no sábado (26/05), em Timbó, Médio Vale do Itajaí.
     Nomeado pelo governador Jorge Konder Bornhausen, Domning tomou posse como conselheiro do TCE, no dia 10 de fevereiro de 1982. No Tribunal, teve atuação destacada no desenvolvimento do programa de orientação técnica às prefeituras e câmaras municipais. Também ocupou a vice-presidência do Órgão, de 2 de janeiro de 1986 a 1º de janeiro de 1987. A aposentadoria, por tempo de serviço, foi em 02 de julho de 1990. Filho de Fritz e Emmy Blanca Domning, o conselheiro Horst nasceu em Blumenau, no dia 9 de março de 1931.  Começou a vida pública como vereador, em Timbó, nos períodos de 1955 a 1958, e de 1967 a 1969, onde, ainda, ocupou a prefeitura municipal de 1970 a 1973. Antes de ingressar no TCE, foi eleito deputado estadual por duas legislaturas: 1975/1979 e 1979/1983.

Enviar conteúdo por e-mailX

Separe os endereços por vírgula