• Enviar por e-mail

Desde a semana passada, embora o termo home office não fosse novo, ele passou a fazer parte do dia a dia dos servidores do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) em decorrência de medidas de contenção adotadas no combate ao novo coronavírus. 

Para auxiliar aqueles que estão passando pela experiência de trabalhar a partir de casa, a Assessoria de Comunicação Social do TCE/SC escutou a psicóloga Micheli Venturin, especialista em terapia gestalt (que analisa o momento atual, levando em conta o meio ambiente e o contexto social). Ela faz duas ponderações em relação ao home office, uma do ponto de vista do rendimento do trabalho e a outra da saúde mental relacionada à nova condição.

"Manter uma rotina, estabelecer horários, bem como escolher um local tranquilo e adequado, é significativo para a execução das tarefas e a produtividade, considerando que precisamos de atenção e foco nas nossas ações. A produtividade está relacionada a diversos fatores, desde o ambiente até a motivação que inclui o reconhecimento da importância das nossas atividades e a contribuição do nosso trabalho à sociedade", diz. 

Quando o tema é sanidade, a psicóloga considera que o equilíbrio mental pode ser obtido a partir de atitudes positivas e de ações relacionadas ao bem-estar físico, mental e social. "Devemos estar atentos a todos os aspectos e com a relação entre eles", alerta. 

Confira algumas dicas para o trabalho em casa

1) Estrutura: em home office, deve-se procurar ter acesso a tudo que precisa para realizar o seu trabalho da melhor forma possível;

2) Jornada: é importante estabelecer um horário para a execução do trabalho, uma rotina. Isso ajuda a gerenciar o seu tempo. É como se estivesse indo para o local de trabalho presencial. Faça pausas durante a sua jornada; 

3) Use videochamadas: ajuda a evitar ruídos de comunicação. O Office 365, ao qual os servidores do TCE/SC têm acesso, disponibiliza a ferramenta Teams para essa finalidade. Anote suas dúvidas e pautas. Seja objetivo. Levante a mão para falar e desligue o microfone quando seu colega estiver falando. Dúvidas técnicas: https://jira.tce.sc.gov.br/browse/SD-15270

4) Saúde: trabalhando de casa, algumas atividades físicas ficam restritas, como a caminhada até o local de trabalho ou a ida até a academia. Por isso, reserve momentos para caminhar em casa, esticar as pernas e, se possível, fazer exercícios físicos;

5) Hidratação e alimentação: tente manter uma alimentação saudável, com alimentos variados, e não se esqueça de beber água constantemente;

6) Organização da casa: é considerado importante para a saúde mental organizar a casa. Um ambiente de trabalho desorganizado atrapalha e influencia na produtividade; 

7) Socialização: não deixe de conversar e enviar mensagens para amigos, familiares e outras pessoas queridas. Deixar a socialização de lado pode trazer efeitos negativos, como ansiedade e depressão;

8) Tire o pijama: não precisa vestir as mesmas roupas que usa presencialmente no seu trabalho. Procure manter um visual confortável, porém próximo ao de fora de casa. O cérebro precisa entender uma condição diferente da do descanso sob o risco de criar uma rotina improdutiva;

9) Produtividade: trabalhar em casa pode causar mudanças na produtividade. Talvez, você perceba que o período integral não funciona tanto quanto no local de trabalho. Após alguns dias de home office, perceba em qual horário é o seu pico de produtividade, converse com o chefe e mude temporariamente o seu horário de trabalho, se possível, para os momentos nos quais seu ritmo pessoal seja mais apropriado.

Fonte: G1 e Exame

 

 

Dicas para reuniões virtuais

- Escolha um lugar onde nada atrapalhe, evitando família e animais domésticos;

- Cuidado com a luminosidade (sente de frente para luz);

- Não chegar atrasado à reunião virtual;

- Procure aparecer com roupa adequada. Evite pijamas, por exemplo,

- Evite comer e beber durante a reunião,

- Cuidado com o microfone. Agir como se ele estivesse ligado o tempo todo e desligue quando não estiver falando;

- Evite falar ao mesmo tempo que outro colega.

Fonte: Estadão

 

Acompanhe o TCE/SC:

www.tce.sc.gov.brNotíciasRádio TCE/SC

Twitter: @TCE_SC

Youtube: Tribunal de Contas SC

WhatsApp: (48) 99113-2308

 

Enviar conteúdo por e-mailX

Separe os endereços por vírgula