• Enviar por e-mail

A nova projeção dos impactos da Covid-19 em Santa Catarina, divulgada nesta terça-feira (19/5) e válida até o dia 30 de maio, mostra que o Estado não passará por saturação do sistema de saúde até o fim deste mês. O estudo do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) tem o objetivo de auxiliar os gestores estaduais e municipais em tomadas de decisões. 

Os resultados, com dados analisados até o último dia 11, apontam para cerca de 7,4 mil casos confirmados até 30 de maio - os números desta terça-feira são 5,4 mil infectados. Significa dizer que o máximo de ocupação dos leitos bloqueados para a Covid-19 será próximo de 30% neste mês, sem que a doença tenha atingido ainda o seu pico de contágio. Para chegar a este cenário, foram utilizadas nas previsões covariáveis de população, grupo de risco, densidade populacional, leitos hospitalares, clima e circulação de pessoas. 

Embora a leitura dos dados avaliados conclua que a capacidade do sistema de saúde catarinense é suficiente para tratar todos novos pacientes Covid-19 até o fim deste mês, não se pode descartar a possibilidade de que a quantidade de casos projetada pode estar subestimada, uma vez que o estudo leva em consideração números de outras regiões e países. Dessa forma, conclui o estudo, os resultados devem ser tomados com cautela. 

 

Subnotificações

Desenvolvido pelo auditor fiscal Silvio Bhering Sallum, da Diretoria de Atividades Especiais (DAE) do Tribunal de Contas e pelo professor doutor Francis Petterini, da UFSC, o estudo sobre a Covid-19 também revela informação sobre a possibilidade de haver subnotificações. Os pesquisadores constataram que há um aumento no número de mortes causados por doenças do aparelho respiratório no Estado quando comparadas as médias dos três primeiros meses dos últimos quatro anos (2016 a 2019) com o mesmo período de 2020 -  em janeiro, crescimento de 6,4%; em fevereiro, 21,3%; e em março, 21,1% mais mortes relacionadas a problemas respiratórios. Os percentuais foram calculados com base em dados fornecidos pela Secretaria de Estado da Saúde.  

Embora esses dados possam indicar a existência de mais mortes pela Covid-19 no Estado, eles não são conclusivos, devendo uma análise mais aprofundada ser efetuada para uma estimação precisa sobre a existência, ou não, de subnotificação de mortes por Covid-19 em Santa Catarina.

 

Acompanhe o TCE/SC:

www.tce.sc.gov.brNotíciasRádio TCE/SC
Twitter: @TCE_SC
Youtube: Tribunal de Contas SC
WhatsApp: (48) 99188-2308
Instagram: @tce_sc

 

Enviar conteúdo por e-mailX

Separe os endereços por vírgula