• Enviar por e-mail

O Tribunal de Contas de Santa Catarina encaminhou aos secretários municipais de educação, nesta segunda-feira (27/4), uma pesquisa para conhecer a realidade dos 295 municípios do Estado sobre  as ações realizadas na área durante o período de suspensão das aulas presenciais em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. O prazo para envio das respostas é até o dia 4 de maio.

A Diretoria de Atividades Especiais (DAE), responsável pelo trabalho, informa que o questionário apresenta perguntas relativas à alimentação, à educação e ao transporte escolar referentes a esse momento. “Essas informações servirão de subsídio para que possamos apoiar e orientar os gestores na condução desse serviço de extrema relevância, inclusive quando houver a retomada das atividades presenciais”, destaca a diretora da DAE, Monique Portella, ao comentar que as respostas serão confidenciais e utilizadas exclusivamente pelo corpo técnico do Tribunal.

O questionário está em consonância com a Nota Técnica CTE-IRB n. 01/2020exarada pelo Comitê Técnico da Educação do Institui Rui Barbosa. As perguntas abordam ações empreendidas pelas redes municipais de ensino quanto ao acesso dos alunos às ferramentas de ensino a distância; à distribuição de merenda escolar às famílias dos alunos, com preferência aos mais vulneráveis; à legalidade e adequação dos dispêndios financeiros no período em que as escolas estão fechadas. 

"O levantamento realizado pela DAE possibilitará a elaboração de um diagnóstico com informações de todos os municípios catarinenses. Com isso o Tribunal poderá atuar de acordo com as prioridades identificadas”, reforça o gestor do projeto TCE Educação, conselheiro-substituto Gerson dos Santos Sicca.

No dia 17 de abril, o presidente do Tribunal de Contas de Santa Catarina, conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, enviou ofício, assinado também pelo conselheiro-substituto Gerson dos Santos Sicca, aos chefes dos Poderes Executivo e Legislativo do Estado e dos 295 municípios catarinenses, com orientações para a redução dos impactos negativos gerados na educação, a partir da suspensão das aulas decorrente da pandemia do novo coronavírus.

  

Acompanhe o TCE/SC:  

Twitter: @TCE_SC  

Youtube: Tribunal de Contas SC  

WhatsApp: (48) 99188-2308  

Instagram: @tce_sc  

 

Enviar conteúdo por e-mailX

Separe os endereços por vírgula